AR lembra Domingues Azevedo, bastonário da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas

AR lembra Domingues Azevedo, bastonário da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas

 

Lusa/AO Online   Nacional   16 de Set de 2016, 12:56

O parlamento aprovou hoje por unanimidade um voto de pesar pela morte do antigo deputado socialista Domingues Azevedo, que foi o primeiro bastonário da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas.

 

"Aos seus amigos, à Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas e ao PS, e de uma forma especial à sua família, que ocupava um lugar central e único na sua vida, a Assembleia da República manifesta o profundo sentido de pesar e perda pela morte de Domingues Azevedo, na certeza que o seu exemplo de vida não será esquecido", lê-se no voto de pesar apresentado pela bancada parlamentar socialista.

No texto do voto é lembrada a sua "tenacidade e coragem na luta por convicções e ideias" e a "disponibilidade total para ser útil ao serviço do bem comum".

"Domingues Azevedo morreu demasiado cedo, tinha 66 anos. A sua vida foi uma vida intensa e sempre dedicada à construção de um Portugal melhor", é referido.

Domingues Azevedo era militante do PS e foi deputado entre 1983 e 1995, eleito pelo círculo de Braga.

"As grandes causas da sua vida foram a justiça fiscal e a transparência. Ficará para sempre como o primeiro bastonário da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas, criada em 2010", pode ainda ler-se no voto.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.