Apoios à natalidade chegam aos 2.500 euros por criança em Vila Flor

Apoios à natalidade chegam aos 2.500 euros por criança em Vila Flor

 

Lusa/AO online   Nacional   18 de Jan de 2018, 11:05

O município de Vila Flor anunciou esta quinta-feira que vai apoiar a natalidade no concelho transmontano com a atribuição de dinheiro e bens que vão até ao equivalente a 2.500 euros por criança.

O presidente da Câmara, Fernando Barros, disse à Lusa que espera ter o regulamento pronto para ser apreciado e votado na sessão de fevereiro da Assembleia Municipal.

A ideia é atribuir aos casais residente neste concelho do distrito de Bragança um apoio de 1.500 euros por cada filho, que subirá para 2.500 a partir do terceiro filho.

“Se o nosso problema é o despovoamento, devermos ajudar os casais”, defendeu o autarca.

Segundo explicou, “parte do valor é pago à cabeça, em dinheiro, e o restante em géneros e bens necessários”.

Esta será mais uma medida a incluir na ação social do município que, como recordou o autarca, tem já em vigor outros apoios sociais.

O município de Vila Flor é um dos que ajuda os doentes oncológicos, numa região onde os tratamentos e consultas da especialidade obrigam a deslocações de centenas de quilómetros ao Porto ou a Vila Real.

O presidente explicou que nesta área o município “presta apoio caso a caso conforme as necessidades apresentadas e em complemento ao apoio prestado pelo Serviço Nacional de Saúde”.

A autarquia vai complementar também os apoios estatais na área da Educação, oferecendo os livros escolares a todos os alunos até ao nono ano e continua a fornecer refeições gratuitas no primeiro ciclo e jardins-de-infância.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.