APAV lança campanha de sensibilização para prevenir violência nos jovens


 

Lusa/AO online   Nacional   3 de Dez de 2012, 11:16

A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) lança na terça-feira uma campanha de sensibilização dirigida aos jovens para prevenir o seu envolvimento em situações de violência e ensinar-lhes como devem agir no caso de serem vítimas.

“A tua segurança não é um jogo. Fica ligado” é o lema da campanha, que surgiu da constatação da dificuldade que os jovens têm em pedir ajuda quando são vítimas de crime e de obter alguma informação relativamente a este tipo de situação, disse Marlene Fonseca, técnica do Projeto LEAD, promovido pela APAV.

“Entendemos que era importante estabelecer e dar informação aos jovens acerca dos vários tipos de violência de que podem ser vítimas, nomeadamente da violência de rua e a violência entre pares”.

Marlene Fonseca contou que vão chegando à APAV alguns pedidos de ajuda de jovens com 15 ou mais anos, “quando já começam a ter alguma perceção da situação”.

Chegam também pedidos por parte de instituições que trabalham com jovens, como escolas e centros de saúde, que sinalizam diversas situações de violência.

“Temos recebido alguns pedidos de violência entre colegas na escola, questões da violência no namoro, que cada vez mais apresentam números preocupantes, mas é importante que os jovens peçam ajuda”, disse a técnica.

No caso dos jovens com idades inferiores a 15 anos é um “bocadinho mais complicado” porque não têm conhecimento do tipo de ajuda que as instituições podem prestar ou porque “são demasiado pequenos para conseguirem pedir ajuda sozinhos”.

Nesse sentido, a campanha pretende ensinar aos jovens estratégias de segurança que podem adotar para evitar ou diminuir a probabilidade de poderem vir a ser vítimas de crime.

Para divulgar a iniciativa foram construídos alguns materiais de informação, como panfletos e cartazes, um anúncio que irá passar nas televisões e nas rádios e criado um site (www.apavparajovens.pt), onde os jovens podem pedir ajuda e recolher informação.

“Se os jovens sentirem que podem vir a ser vítimas de algum tipo de violência ou se estão, neste momento, a ser vítimas podem consultar o website da APAV e dirigirem-se à APAV ou a outra instituição para pedirem ajuda e minimizar o impacto que esta situação pode ter neles”, disse Marlene Fonseca.

A campanha irá também ser divulgada em centros comerciais, espaços noturnos e transportes públicos.

Esta campanha de informação e sensibilização foi desenvolvida no âmbito do Projeto LEAD – Informar para prevenir, promovido pela APAV e cofinanciado pela Direção-Geral da Justiça da Comissão Europeia, ao abrigo do Programa DAPHNE III, com o apoio mecenático da agência Cupido.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.