Televisão

Ao fim de 25 anos, Larry King despediu-se do programa da CNN


 

Lusa/AO online   Internacional   17 de Dez de 2010, 10:32

Dois presidentes norte-americanos, um governador e quatro pivôs de televisão foram os convidados especiais do programa de despedida de Larry King na noite de quinta-feira, depois de 25 anos de presença na cadeia CNN.
O cantor Tony Bennett cantou à distância para Larry King, de 77 anos, "The best is yet to come" (o melhor ainda está para vir), relata a agência Associated Press.

O decano dos apresentadores de talk shows dos EUA tinha anunciado no verão que ia abandonar a antena. Depois de ter sido uma voz dominante na televisão por cabo, King foi perdendo importância num meio muito competitivo. O britânico Piers Morgan, júri do programa "America's Got Talent", vai substituí-lo a partir de Janeiro.

"Não vou desaparecer mas não vão voltar a ver-me neste cenário", disse King. "Não sei o que dizer a não ser ‘obrigado’ à minha audiência e, em vez de adeus, prefiro até à vista’”.

Além de um contrato para apresentar quatro programas especiais por ano na CNN, ainda não é claro o que vai ser o trabalho futuro de Larry King, que já falou em fazer comédia ou regressar à rádio.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.