Reino Unido

Anúncio de casamento real domina imprensa britânica

Anúncio de casamento real domina imprensa britânica

 

Lusa/AO online   Internacional   17 de Nov de 2010, 11:36

O anúncio do casamento entre o príncipe Guilherme de Inglaterra e a sua namorada de longa data, Kate Middleton, ocupa um lugar de destaque na imprensa britânica, que esta quarta-feira se congratulou com o “esperado” enlace.
Com excepção do The Independent, todos os jornais britânicos - incluindo o formal Financial Times – dedicaram as principais páginas ao casal, ilustrando as notícias com as fotos de Guilherme e Kate, assim como do anel que oficializa o noivado, anunciado publicamente na terça-feira.

"Finalmente chegámos lá, querida", titulou o Daily Mail. O jornal referia-se ao longo romance entre dois jovens, que se conheceram na universidade, em 2001.

O conhecido The Times titulou "New Romantic", aludindo ao anel oferecido pelo príncipe Guilherme à namorada, uma safira rodeada por diamantes, que antes pertencera a Diana de Gales, que o recebera das mãos do pai do noivo, o príncipe Carlos, por ocasião do pedido de casamento.

"Algo emprestado, algo azul, é o anel de Diana a selar o compromisso real", referiu ainda o jornal, numa alusão a um tradicional provérbio inglês, que indica as “condições” que deverão ser seguidas pela noiva no dia do casamento, para que a união seja bem-sucedida.

O tablóide Daily Mirror classificou o casamento como “um momento brilhante para a história da realeza” e “um tributo comovente de um filho à mãe", Diana, que morreu em 1997 num acidente de carro, em Paris.

"Com o anel da mãe, eu irei casar", foi a frase escolhida pelo tablóide The Sun. O jornal publicou também duas fotografias: uma, tirada na terça-feira, na altura do anúncio do noivado de Guilherme e Kate. E outra, dos pais do príncipe, quando anunciaram o próprio noivado. Em ambas as fotos, as duas mulheres, Kate e Diana, envergam um vestido azul que combina com o anel.

O título escolhido pelo Daily Telegraph foi "Kate é muito especial: O veredicto do príncipe sobre a futura mulher”.

De assinalar que vários jornais destacaram as origens plebeias de Kate Middleton, com o The Sun a escrever: "Kate vai permitir-nos adaptar a monarquia ao século XXI". Ou o The Times a referir, no respectivo editorial: “há momentos como este, em que a monarquia é renovada“.

No entanto, o jornal de centro-esquerda The Guardian preferiu colocar a tónica no momento do anúncio do casamento, titulando "Um casamento real em tempos de austeridade", numa referência ao plano de cortes no orçamento, anunciados em outubro passado pelo governo conservador liderado por David Cameron.

Uma visão diferente apresentou o conservador Daily Telegraph, ao escrever que o casamento, previsto para a primavera ou verão de 2011 em Londres, vai "elevar a moral" do Reino Unido “num período marcado pelo desencanto”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.