Futebol

António Jesus faleceu domingo à noite vítima de ataque cardíaca

António Jesus faleceu domingo à noite vítima de ataque cardíaca

 

Susete Rodrigues   Futebol   27 de Set de 2010, 11:50

O antigo guarda-redes internacional português António Jesus faleceu domingo, poucas horas depois de orientar o Sp. Espinho no empate diante do Boavista, em jogo da 2ª jornada da 2ª divisão - Zona Centro

Segundo a imprensa desportiva nacional, António Jesus, de 55 anos, encontrava-se em casa da filha e tinha decidido sair um pouco quando foi vítima de ataque cardíaco.
O antigo futebolista foi sete vezes internacional por Portugal, após o “caso Saltillo”, e jogou a maior parte da carreira no Vitória de Guimarães, tendo ainda representado o FC Porto, o Leixões, o Varzim, o Desportivo de Chaves, o Beira-Mar e o Lourosa.
Na qualidade de treinador dirigiu o Desportivo de Chaves, Paços de Ferreira, Sporting da Covilhã e Tondela, e, esta época o Sporting de Espinho.
António Jesus passou também pelos Açores, nomeadamente,  Operário e Lusitânia.
Na equipa da Lagoa, Jesus chegou no final da época 1999/2000 e permaneceu na seguinte, altura em que foi para o Desportivo de Chaves.
Na temporada de 2005/2006 António Jesus regressou aos Açores e à ilha Terceira, onde esteve no comando técnico do Lusitânia, sagrando-se então campeão da Série Açores e colocando a equipa na 2ª divisão Nacional.
Recentemente, a 20 de Setembro de 2009, António Jesus esteve na Lagoa, aquando do jogo entre o Operário e o Tondela.
Na ocasião confidenciou que “a maior asneira enquanto treinador que cometi ao longo da minha carreira foi ter trocado o Operário pelo Desportivo de Chaves. Um erro que nunca irei conseguir reparar!”
O funeral realiza-se hoje (15h00) em Anta, Espinho.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.