António Costa apresenta hoje relatório para gestão descentralizada dos fluxos migratórios

António Costa apresenta hoje relatório para gestão descentralizada dos fluxos migratórios

 

Lusa/AO Online   Nacional   15 de Dez de 2014, 06:52

O presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, apresenta esta segunda-feira em Antália, Turquia, um relatório em que defende uma gestão mais descentralizada dos fluxos migratórios, na zona do Mediterrâneo, e parcerias para melhorar a intervenção dos municípios.

 

“Tendo em consideração esta dimensão translocal das migrações, deveria ser promovida a criação de parcerias para a integração entre cidades e regiões dos países de origem e de destino, para aumentar a cooperação e a confiança mútua e, assim, garantir uma gestão mais descentralizada das migrações”, refere o autarca no relatório a que a Lusa teve acesso.

O documento será hoje votado na 6.ª reunião plenária da Assembleia Regional e Local Euro-Mediterrânica (ARLEM) em Antália, Turquia.

O relatório foi debatido na 7.ª reunião da Comissão de Assuntos Económicos, Sociais e Territoriais da ARLEM, que decorreu em Málaga (Espanha) no final de outubro, mas só poderá ser adotado após estar aprovado.

Esta gestão mais local deve-se ao facto de as migrações não terem “apenas lugar entre países, mas entre cidades e regiões, já que os migrantes de uma determinada cidade ou região tendem a concentrar-se em determinadas cidades ou regiões do país de acolhimento”, justifica.

Entre as medidas sugeridas pelo autarca socialista encontram-se cursos de línguas, formação cultural e cívica, assim como projetos individuais de imigração (por exemplo, formação de trabalhadores de determinado país, recrutados para trabalhar num outro) e a execução de programas de retorno voluntário e de reintegração de imigrantes.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.