Base das Lajes

Anterior acordo laboral das Lajes era "camisa de força"

Anterior acordo laboral das Lajes era "camisa de força"

 

Lusa / AO online   Regional   18 de Fev de 2010, 14:20

O Governo Regional dos Açores reafirmou esta quinta-feira a defesa do novo acordo laboral para os trabalhadores portugueses da Base das Lajes, considerando que a anterior fórmula de cálculo dos aumentos salariais era uma “camisa de força”.
“O inquérito salarial era uma camisa de força estatístico-jurídica que prejudicou os trabalhadores durante anos. Agora temos um sistema claríssimo, que não deixa hipóteses para interpretações contraditórias”, afirmou André Bradford, secretário regional da Presidência.

André Bradford falava perante a Comissão Parlamentar de Política Geral, que está a analisar uma petição assinada por cerca de 480 trabalhadores portugueses ao serviço das forças norte-americanas na Base das Lajes contra o novo acordo laboral.

Este novo acordo, assinado entre Portugal e os EUA em meados de Julho, foi aprovado pelo governo português em Janeiro e terá ainda que ser ratificado pela Assembleia da República.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.