Sociedade

Ano Europeu de Luta Contra a Pobreza foi o "pior ano" para as famílias

Ano Europeu de Luta Contra a Pobreza foi o "pior ano" para as famílias

 

Lusa/AO online   Nacional   7 de Out de 2010, 16:52

O Ano Europeu de Luta Contra a Pobreza transformou-se no “pior ano” para as famílias e o trabalho realizado até agora é apenas o "princípio de um processo" sem fim à vista, disse esta sexta-feira o presidente da Rede Europeia Anti-Pobreza (REAP).
 “Este foi um ano de uma certa amargura. O trabalho feito até agora é o princípio de um processo que infelizmente não sei quando vai ter fim”, disse à agência Lusa Agostinho Moreira, à margem da sessão plenária do II Fórum Nacional de Pessoas em Situação de Pobreza, que decorreu esta tarde na Assembleia da República, em Lisboa.

Evocando a “crise inesperada” que arrastou milhões de pessoas para o desemprego e provocou o endividamento de milhares de famílias, o presidente da REAP disse que a crise deixou a Europa e Portugal num “atoleiro”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.