Animais selvagens em excesso levam a campanha de esterilização de gatos no Corvo

Animais selvagens em excesso levam a campanha de esterilização de gatos no Corvo

 

Isidro Fagundes / Rui Jorge Cabral   Regional   5 de Set de 2010, 18:08

Ter gatos em casa geralmente causa poucos problemas, para além das arranhadelas na mobília ou do ocasional "presente" deixado à porta de casa. Já os gatos selvagens, quando em demasia, podem pôr em causa a sobrevivência de espécies de aves marinhas já de si ameaçadas pela extinção.

No Corvo, são mais os gatos selvagens do que os habitantes, e este facto está a ameaçar o sucesso do projecto Life Ilhas Santuário para as Aves Marinhas.

Desde 2009, a SPEA (Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves), em parceria com a secretaria regional do Ambiente e do Mar e com a Câmara Municipal do Corvo tem levado a cabo o projecto.

Trata-se de "um projecto para planear uma possível erradicação de mamíferos infestantes no Corvo que ao mesmo tempo tem uma série de acções demonstrativas do que se pode conseguir com a recuperação de habitats e ao nível da educação ambiental" explicou Pedro Geraldes, coordenador do projecto.*

*Leia esta notícia na íntegra no jornal Açoriano Oriental de segunda-feira, 6 de Setembro de 2010.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.