Ancelotti diz desconhecer interesse do AC Milan em Mourinho


 

Lusa/AO online   Futebol   12 de Dez de 2007, 14:14

O treinador italiano Carlo Ancelotti, do AC Milan, afirmou esta quarta-feira em Yokohama, no Japão, desconhecer o interesse do clube transalpino em contratar o técnico português José Mourinho para a próxima temporada.
      “Li um artigo sobre Mourinho na imprensa italiana. O AC Milan até pode quere-lo, mas ainda não ouvi nada da parte do clube de que tenha havido oficialmente uma oferta a Mourinho”, afirmou Carlo Ancelotti, que levou o AC Milan ao título europeu a época passada.

    Na véspera de defrontar os japoneses do Urawa Red Diamonds, nas meias-finais do Mundial de clubes, Ancelotti analisou o caso de forma positiva: “se Mourinho quiser treinar o AC Milan, isso representará uma pressão positiva para mim”.

    “Mas, estou concentrado na presente temporada, pelo que não me distraio com esses rumores”, disse ainda o técnico transalpino, acrescentando que o seu objectivo imediato é colocar os campeões da Europa na final da competição.

    O AC Milan venceu o grupo D da Liga dos Campeões, do qual também fazia parte o Benfica, e assegurou um lugar nos oitavos-de-final, mas, e embora com dois jogos em atraso, segue apenas no 10º lugar do campeonato italiano, já a 19 pontos do rival e líder Inter.

    Apesar desta prestação medíocre na prova interna (quatro vitórias, seis empates e três derrotas), Carlo Ancelotti tem os jogadores do seu lado.

    “Estou há muitos anos a trabalhar com Ancelotti e construímos uma boa relação. Todos os jogadores do AC Milan pretendem que Ancelotti continue a comandar a equipa”, disse o defesa central internacional transalpino Alessandro Nesta.

    José Mourinho saiu do Chelsea em meados de Setembro, depois de ter conquistado dois campeonatos, uma Taça de Inglaterra e duas Taças da Liga inglesas, e decidiu segunda-feira auto excluir-se da corrida à sucessão de Steve McLaren no comando da selecção inglesa.

    O técnico português, que conquistou a Taça UEFA (2002/2003) e a Liga dos Campeões (2003/2004) ao comando do FC Porto, pretende treinar um grande clube europeu e nunca escondeu a sua vontade de ingressar no campeonato italiano.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.