Ana Moura e Mário Laginha vão atuar na sala açoriana do Teatro Micaelense

Ana Moura e Mário Laginha vão atuar na sala açoriana do Teatro Micaelense

 

LUSA/AO online   Cultura e Social   13 de Jul de 2016, 18:27

A fadista Ana Moura e a dupla Mário Laginha/Pedro Burmester vão atuar no Teatro Micaelense, no âmbito da temporada 2016/2017, desta sala de espetáculos, em Ponta Delgada, nos Açores, segundo a programação hoje anunciada

Três espetáculos da temporada artística da Direção Regional da Cultura dos Açores, em setembro, marcam o arranque da programação do próximo ano, do Teatro Micaelense, na ilha de São Miguel.

A 03 de setembro, terá lugar um concerto da Orquestra Regional Lira Açoriana, dirigida pelo maestro Henrique Piloto, para sete dias depois ser realizada uma conferência/concerto sobre portugalidade, da responsabilidade do maestro António Victorino d'Almeida.

A 16 de setembro, a sala de espetáculos de Ponta Delgada recebe o concerto da Sinfonietta de Ponta Delgada, um projeto da Associação Artística Quadrivium.

O Ensemble Contemporâneo dos Açores, dirigido por Marco Torre, com uma interpretação de "História do Soldado", de Igor Stravinsky, sobe ao palco a 24 de setembro.

O programa contempla, ainda, o regresso das leituras dramáticas, uma parceria com o Instituto Cultural de Ponta Delgada, com coordenação de Eleonora Marino Duarte e apresentação de Leonor Sampaio.

Em outubro, o Teatro Micaelense celebra o Dia Mundial da Música com a Orquestra da Escola de Música de Rabo de Peixe, um projeto do qual este espaço se associou desde o seu início.

Está agendada uma iniciativa para os mais jovens, uma epopeia marítima criada por António Jorge Gonçalves e narrada por Ana Brandão, com o apoio de um retroprojetor, com canções, desenhos luminosos e objetos manipulados.

O teatro também regressa com uma peça dirigida por Tonan Quito, a partir do texto do dramaturgo norueguês Henrik Ibsen, "Um Inimigo do Povo".

Aline Frazão vai estrear-se em Ponta Delgada com um espetáculo no qual a poesia da sua mensagem se "mistura com uma linguagem musical que integra a vertente elétrica na sua habitual toada acústica".

O festival da Associação Cultural Jazzores volta a passar pelo Teatro Micaelense, enquanto a brasileira Dom La Nena faz a sua primeira visita aos Açores, numa extensão do Misty Fest, festival que se realiza no outono, em várias salas de Lisboa.

O festival de teatro Juvearte, uma iniciativa da Associação de Juventude de Candelária, que promove o que se faz ao nível das artes dramáticas nos Açores, também está de volta.

Um concerto a dois pianos de Mário Laginha e Pedro Burmester e a celebração do 20.º aniversário do Ballet Teatro constituem outras das iniciativas previstas para a sala de Ponta Delgada.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.