"Alimentos fora do prazo matam fome a dezenas" é a manchete do Açoriano Oriental

"Alimentos fora do prazo matam fome a dezenas" é a manchete do Açoriano Oriental

 

Açoriano Oriental   Regional   27 de Out de 2012, 00:00

A primeira página do Açoriano Oriental dá grande destaque à existência de um grupo de indivíduos que, três vezes por semana, salta a vedação de uma grande superfície comercial em Ponta Delgada para levar alimentos fora do prazo.

O jornal anuncia também que o "Governo atribuiu 9,9 milhões para aguentar 2726 empregos", "Empresário da noite terá sido assassinado no apartamento", "Caminhos voltam a dar polémica no Nordeste" e ainda que há "Novas regras para o abono de família".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.