Alemanha acredita que novo governo italiano vai reanimar o país


 

Lusa / AO online   Internacional   20 de Nov de 2011, 17:15

O ministro alemão dos Negócios Estrangeiros manifestou hoje apreço pela estratégia económica do novo primeiro-ministro italiano, Mario Monti, e expressou confiança de que o seu executivo conseguirá implementar as medidas necessárias para reanimar o crescimento económico.

Guido Westerwelle deslocou-se hoje a Roma para se encontrar com o seu homólogo, Guilio Terzi, com quem assinou uma declaração segundo a qual a Alemanha expressa o seu "total apreço pelo plano económico” de Monti, avançou a Associated Press (AP).

Westerwelle manifestou ainda no documento a sua “confiança” de que o novo governo italiano, que tomou posse na semana passada, “será capaz de levar a cabo as medidas anunciadas”.

Os dois ministros discutiram ainda eventuais alterações pontuais ao Tratado de Lisboa, destinadas a reforçar a zona euro, um dos principais cavalos de batalha da chanceler alemã, Ângela Merkel.

Mario Monti deverá encontrar-se esta semana com a sua homóloga alemã e com o presidente francês, Nicolas Sarkozy.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.