Saúde

Aleitamento materno determinante para reduzir doenças e obesidade

Aleitamento materno determinante para reduzir doenças e obesidade

 

Lusa/AO online   Nacional   4 de Out de 2010, 18:21

A ministra da Saúde salientou esta segunda-feira a importância do aleitamento materno para evitar infecções nos bebés e diminuir o risco de obesidade na idade adulta, considerando fundamental dar apoio as mães na fase de adaptação do bebé ao peito.
Durante uma visita à Maternidade Alfredo da Costa (MAC), em Lisboa, no âmbito da Semana Mundial do Aleitamento Materno, Ana Jorge afirmou que o objectivo desta semana que todos os anos se assinala em Outubro é “chamar a atenção de todas as pessoas para promover o aleitamento materno, para que todas as mulheres possam amamentar o mais tempo possível”.

“Hoje sabe-se que os bebés que fazem leito materno em exclusivo, e se o fizerem durante muito tempo, têm muito menos complicações, diarreias, menos infecções, menos obesidade”, afirmou, sublinhando que “os bebés que mamaram têm menos probabilidades de serem obesos quando forem mais crescidos”.

Comentando o facto de muitas mães deixarem de dar de mamar durante o primeiro mês de vida do filho, a ministra salientou que “muitas vezes o importante é que as mulheres sejam capazes de ultrapassar as dificuldades com a adaptação do bebé ao peito”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.