Itália

Alegado membro da máfia siciliana detido pelo "Pai Natal"


 

Lusa/AO online   Internacional   24 de Dez de 2010, 11:23

Um alegado membro da máfia siciliana foi apanhado de surpresa ao ser detido em Catânia, em Itália, por um polícia disfarçado de Pai Natal, enquanto extorquia dinheiro a um comerciante.
Quando Salvatore Politini saiu da loja, o "Pai Natal", que há vários dias se encontrava à porta do estabelecimento, deixou cair um pacote de bombons que se espalharam pelo chão, para proceder à sua detenção, demonstra um vídeo difundido pelos média italianos, citados pela agência de notícias France Press (AFP).

O detido, de 37 anos, é suspeito de pertencer ao clã mafioso de Santapaola. O comerciante era obrigado a pagar a Salvatore Politini 260 euros por mês para beneficiar da sua "proteção".

O suspeito de pertencer à máfia foi detido na posse de um prato de porcelana e de um panettone - um bolo italiano típico da época natalícia -, que resultaram, igualmente, da extorção ao comerciante.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.