Política

Ajudar a Madeira é um imperativo nacional

Ajudar a Madeira é um imperativo nacional

 

Ana Carvalho Melo / GACS   Regional   24 de Fev de 2010, 11:25

O presidente do Governo dos Açores considerou ter sido boa a decisão tomada pelo Partido Socialista de retirar da agenda política a questão da Lei de Finanças das Regiões Autónomas, em virtude das ocorrências recentes na ilha da Madeira, revela nota do gabinete de Apoio à Comunicação Social do Governo Regional.
Em declarações à RTP-Açores, Carlos César disse que “neste momento o que está verdadeiramente em causa e o que se torna um imperativo nacional é reunirmos todas as energias que o país tem disponíveis para apoiar o Governo Regional da Madeira e todas as outras instituições que estão empenhadas na recuperação da situação resultante da catástrofe ocorrida”, acrescenta a mesma nota

Recordando que os Açores têm, infelizmente, uma experiência longa e continuada de catástrofes de vária ordem, disse que os açorianos sabem quão importante é sentirem-se apoiados em situações difíceis.
         

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.