AICOPA elege novos dirigentes a 23 de novembro

AICOPA elege novos dirigentes a 23 de novembro

 

Lusa/AO online   Regional   8 de Nov de 2012, 14:47

Os cerca de 120 empresários e empresas que integram a Associação de Industriais de Construção e Obras Públicas dos Açores (AICOPA) elegem a nova direção a 23 de novembro, numa eleição a que não concorre o atual presidente.

Albano Furtado, que está a terminar o terceiro mandato consecutivo à frente da AICOPA, disse hoje à agência Lusa que chegou a altura de "dar lugar a outros", salientando que o setor da construção vai "entrar num novo ciclo" no arquipélago.

“Em crise desde 2008, o setor tem de se transformar”, frisou Albano Furtado, destacando os problemas de desemprego que regista este setor, associados ao facto de o mercado habitacional ter “deixado de funcionar”.

O presidente da AICOPA salientou que os Açores possuem "um stock de habitação que não se sabe se poderá ser vendido”, considerando que o futuro da construção civil no arquipélago depende da disponibilidade de financiamento por parte da banca.

O prazo de entrega de candidaturas para as eleições na AICOPA termina na sexta-feira, sendo publicamente conhecida a existência de apenas uma lista, liderada por Pedro Marques.

Numa nota de apresentação da candidatura, Pedro Marques considera que a “construção civil atravessa um dos seus momentos mais desafiantes”, defendendo que a “restruturação é inevitável”.

O atual quadro de crise impõe, segundo o candidato, a “defesa das empresas regionais, independentemente da sua dimensão”.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.