AICOPA diz que redução de licenciamentos não é preocupante


 

Hélder Blayer   Regional   12 de Jul de 2010, 18:28

O presidente da Associação dos Industriais de Construção Civil e Obras Públicas dos Açores diz que a redução de 12 por cento no licenciamento de edifícios não é preocupante.
"O licenciamento de edifícios inclui muitas coisas. Inclui remodelações em edifícios antigos, etc. Em termos de construção, o ano passado foi um desastre em relação ao ano anterior. Em 2008 tínhamos valores que dificilmente serão atingidos novamente, mas este ano já se licenciaram mais de 130 fogos" disse Albano Furtado à Açores TSF.

Uma questão que por si sónão deixa descansados os industriais do sector porque as dificuldades ainda estão por cá.

Para Albano furtado seria bom que as autarquias resolvessem os problemas financeiros para poder lançar mais obras.

O presidente da AICOPA alerta ainda para o facto de as autarquias terem de aproveitar o PROCONVERGÊNCIA.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.