África do Sul e Lisboa são as estrelas da 22ª edição da BTL

África do Sul e Lisboa são as estrelas da 22ª edição da BTL

 

Lusa / AO online   Economia   9 de Jan de 2010, 11:52

Os destinos África do Sul e Lisboa são as estrelas convidadas da 22ª edição da Bolsa de Turismo de Lisboa, que arranca quarta-feira com um reforço da presença internacional e aposta no bem-estar, representando um orçamento de dois milhões de euros.

No ano em que acolhe o Mundial de Futebol em Junho e Julho, a África do Sul é o convidado internacional de eleição da BTL 2010-Feira Internacional de Turismo (na FIL em Lisboa), que decorrerá entre 13 e 17 de Janeiro, e onde aproveitará para divulgar o resort Sabi Sabi, no Kruger Park, presença habitual no top 15 dos hóteis mundiais.

"Este ano, reforçámos a presença dos destinos internacionais, de 40 para 45 países, e é muito importante que África do Sul tenha aceite ser o nosso convidado internacional, pela força e riqueza enorme que tem e pela grande vantagem que obtém em projectar-se", disse à agência Lusa o presidente da comissão organizadora da BTL 2010, Vítor Neto.

Lisboa estará pela primeira vez presente enquanto convidado nacional na feira Internacional de Turismo, onde vai apresentar-se como destino de cidade e de resort, ao combinar a oferta de uma capital com a de uma região com oferta turística diversificada.

"É um dos principais destinos internacionais, com toda a sua expressão a níveis culturais, de património, de gastronomia, que terá uma presença riquíssima e vai dar grande força para alavancar esta exposição internacional", frisou Vítor Neto.

Além disso, o expositor de Lisboa, com 500 metros quadrados e situado no Pavilhão 1, promoverá também a oferta turística da Costa do Estoril, Mafra, Oeiras e Sintra.

A BTL ocupará intergralmente os quatro pavilhões e conta com dezenas de estreias confirmadas de grupos empresariais, organizações e destinos convidados internacionais.

Entre as novidades, face ao ano anterior, destacam-se a China, Bósnia e Herzgovina, Botswana, Guiné-Bissau, Indonésia, Jordânia, Senegal, Síria, Tanzânia e a Cidade de Roma, cujo presidente da câmara, aproveitará a BTL para dar uma conferência de imprensa em Lisboa.

"Nesta edição, temos entre 600 e 700 expositores, o que num ano de conjuntura económica díficil é muito importante. Mais de cem operadores estrangeiros estarão também presentes em Portugal, no âmbito de uma parceria TAP, Turismo e BTL, durante uma semana e irão aproveitar para conhecer as regiões portuguesas, deslocando-se aos Açores, á Madeira, ao Algarve e ao Norte de Portugal", adiantou o presidente da comissão organizadora da exposição.

Portugal, Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Macau, Moçambique e São Tomé e Príncipe assinalam igualmente a sua presença no pavilhão 4, representando na totalidade mais de 10 milhões de quilómetros quadrados de destinos turísticos internacionais de expressão portuguesa.

O sector da Saúde e Bem-Estar, como destino turístico, é uma das apostas da feira, que apresenta como novidade BTL Termal & Spa's, situada no pavilhão 2, e onde estarão presentes 16 termas e spas.

De acordo com o responsável, a BTL "terá características de feira, festa, ponto de encontro e momento de reflexão".

"A BTL perpassa uma cultura, pensa-se em férias e decorre sempre num ambiente rico até do ponto de vista da relação humana", acrescentou Vítor Netto, segundo o qual a edição deste ano da BTL deverá atingir os 60 a 70 mil visitantes.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.