Aeroportos da ANA nos Açores dão prejuízo de 5 ME

Aeroportos da ANA nos Açores dão prejuízo de 5 ME

 

Pedro Nunes Lagarto   Regional   14 de Nov de 2010, 13:22

Os quatro aeroportos geridos pela ANA nos Açores representam um resultado negativo de 5 milhões de euros

A informação foi avançada ao Açoriano Oriental pelo presidente do conselho de administração da ANA Aeroportos de Portugal, Guilhermino Rodrigues, que salienta, no entanto, que esse resultado tem vindo a ser melhorado.”Há uns anos eram 10 milhões de euros negativos, actualmente, e pese embora ainda não termos fechado as contas deste exercício, estaremos a falar de cerca de 5 milhões de euros negativos”, disse. Guilhermino Rodrigues considera que a ANA caminha no sentido da estabilizar as contas dos aeroportos dos Açores. “Há uma melhoria muito positiva dos rácios financeiros dos aeroportos regionais e, por outro lado, um reconhecimento internacional da qualidade de serviço prestado no aeroporto de Ponta Delgada”, referiu. Nos Açores, para além do Aeroporto João Paulo II, em Ponta Delgada, a ANA gere os aeroportos da Horta, Santa Maria e Flores. A ANA está a investir 30 milhões de euros na remodelação da sala de embarque, ampliação da plataforma de estacionamento de aeronaves e construção de um caminho paralelo de circulação no Aeroporto João Paulo II, com o objectivo de responder ao aumento registado e previsto no número de passageiros a utilizar a infra-estrutura, assegurando a qualidade do serviço.

 Leia esta notícia na íntegra no jornal Açoriano Oriental de domingo, dia 14 de Novembro de 2010


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.