Adriana Jimenez quer desfrutar da beleza natural dos Açores

Adriana Jimenez quer desfrutar da beleza natural dos Açores

 

Arthur Melo   Outras modalidades   7 de Jul de 2017, 14:22

Antiga saltadora olímpica mexicana falou em exclusivo ao Açoriano Oriental, sublinhando a ambição de conseguir um bom resultado na etapa açoriana

Adriana Jimenez ainda não venceu qualquer etapa do Red Bull Cliff Diving mas já conta no currículo com alguns segundos lugares, como o conseguido no ilhéu de Vila Franca do Campo em 2015.

Este resultado é recordado por ‘Ady’ com o natural e tão característico sorriso da mexicana que, em 2004, foi eleita a atleta mais simpática da comitiva do México que participou nos Jogos Olímpicos de Atenas em 2004. O mau momento desportivo que atravessa nesta fase não lhe retira a alegria espontânea pela qual é conhecida, mostrando grande determinação em querer dar a volta ao texto num dos locais que mais cativa a atleta.

“Espero conseguir um resultado bem melhor que o último (foi oitava classificada em 2016). Mas, primeiro que tudo, espero que tudo corra pelo melhor e que possa desfrutar deste maravilhoso local”, referiu Jimenez em entrevista exclusiva ao Açoriano Oriental.

A mexicana de 32 anos destaca, de igual forma, as características especiais da etapa açoriana, desde logo a particularidade de “saltarmos a partir das rochas. Este facto diferencia esta etapa das restantes. As ondas, como parte integrante desta maravilhosa natureza, torna ainda mais difícil os nossos saltos”, anotou Adriana Jimenez que oitava classificada em Inis Mór (Irlanda) e terminou a época de 2017 no quinto lugar.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.