Adjudicada a construção da Escola do Mar

Adjudicada a construção da  Escola do Mar

 

Lusa/AO online   Regional   5 de Mai de 2016, 16:36

O Governo Regional dos Açores anunciou a adjudicação da construção da Escola do Mar dos Açores na antiga Estação Rádio Naval da Horta investimento de cerca de quatro milhões de euros.

Numa nota de imprensa, o executivo açoriano explica que a obra "prevê a adaptação dos edifícios existentes e a construção de novos corpos, a adaptação de um armazém no porto da Horta para as atividades formativas que impliquem acesso direto ao mar e, ainda, a aquisição de equipamentos básicos".

"A Escola do Mar dos Açores terá múltiplas valências de ensino e formação, estando previstas salas de aula e de simuladores, oficinas de especialidades diversas" além de outros espaços para formação em mergulho profissional, adianta.

Segundo o Governo Regional, "este novo estabelecimento de ensino profissional focará a sua atividade de formação em profissões relacionadas com as pescas, os transportes marítimos de passageiros e de carga, a reparação e construção navais, as atividades marítimo-turísticas e a observação ambiental e de pescas, entre outras, incluindo novas profissões ligadas à economia do mar".

Citado na mesma nota de imprensa, o secretário regional do Mar, Ciência e Tecnologia, Fausto Brito e Abreu, considera que esta será "uma obra estruturante para os Açores" no que respeita à economia do mar.

Para Fausto Brito e Abreu, o novo estabelecimento de ensino vai "colmatar necessidades identificadas na região no que respeita à formação de marítimos e potenciar profissões emergentes, como a monitorização ambiental e outras na área das atividades marítimo-turísticas".

A empreitada tem um prazo de execução de um ano e corresponde à primeira fase do projeto, sendo que a segunda contempla a aquisição de equipamentos técnicos.

A Estação Rádio Naval da Horta funcionou durante 84 anos e quando foi desativada, em 2013, ficaram devolutos seis blocos de apartamentos com três pisos cada e vários edifícios de comunicações.

De acordo com um protocolo assinado em 2009 entre o Governo dos Açores e a Marinha, os imóveis serão cedidos pelo prazo de 30 anos à região, em troca dos terrenos que foram cedidos ao Estado na ilha de São Miguel, para instalar um novo centro de comunicações.

Nos edifícios da Horta mantém-se equipamento diverso que foi usado pela Marinha durante décadas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.