Açores vão ter unidade da GNR vocacionada para proteção e socorro a populações

Açores vão ter unidade da GNR vocacionada para proteção e socorro a populações

 

Lusa / AO online   Regional   18 de Abr de 2015, 11:36

Os Açores vão passar a dispor, dentro de um ano, de uma equipa da GNR de proteção e socorro a populações em caso de sismo, catástrofe ou desaparecimento de pessoas, revelou o responsável pela Guarda Nacional Republicana no arquipélago.

 

“O território nacional já tem uma unidade do género designada grupo de intervenção de proteção e socorro, que congrega cerca de mil elementos. São as chamadas equipas de primeira intervenção e a muito curto prazo, dentro de um ano, já estarão também a funcionar nos Açores”, adiantou o comandante do Comando Territorial dos Açores da GNR, João Fernando Maia, em declarações à Lusa.

Segundo explicou o responsável, são equipas "altamente treinadas" que têm por missão, por exemplo, "atuar em primeira mão num inicio de um incêndio, no desaparecimento de pessoas, no auxílio a acidentes graves pessoais em zonas de difícil acesso, em grandes catástrofes, como sismos", ou ainda "num acidente com matérias perigosas, caso de uma fuga de gás ou uma viatura com derrame de combustível".

"Esta equipa integra várias valências, nomeadamente a possibilidade de serem aerotransportadas, de terem consigo equipamentos para escalar e para detetar pessoas desaparecidas. É, no fundo, uma equipa que está muito vocacionada para a proteção e socorro e esta é uma área que preocupa a GNR, atendendo às características vulcânicas que existem nas ilhas", sublinhou João Maia.

O comandante da GNR nos Açores adiantou ainda que a equipa, que terá entre 10 a 15 elementos, ficará, em princípio, colocada na Terceira, por ser "uma ilha central", o que permite "atuar em qualquer ilha" do arquipélago.

A GNR conta nos Açores com 300 elementos e dispõe de um posto em cada uma das nove ilhas do arquipélago.

As missões que a GNR tem nos Açores prendem-se, fundamentalmente, com a vigilância costeira, fiscal e aduaneira, bem como com a proteção da natureza e ambiente.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.