Açores vão avaliar riscos psicossociais de profissionais de saúde

Açores vão avaliar riscos psicossociais de profissionais de saúde

 

Lusa/AO Online   Regional   24 de Set de 2015, 16:25

O secretário regional da Saúde dos Açores anunciou hoje que serão avaliados "os riscos psicossociais" dos profissionais de saúde que trabalham nas unidades de saúde das ilhas e nos três hospitais da região.

Na abertura do I Congresso da Ordem dos Psicólogos Portugueses nos Açores, em Ponta Delgada, Luís Cabral disse que o protocolo entre a Direção Regional de Saúde e a Secção Regional da Ordem dos Psicólogos dos Açores para essa avaliação será assinado ainda durante o evento, no âmbito da campanha Healthy Workplaces, desenvolvida pela Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho e que visa premiar locais de trabalho saudáveis.

Segundo estimativas avançadas recentemente à Lusa pela delegação da Ordem nos Açores, existem 358 psicólogos a trabalhar em oito das nove ilhas e os números oficiais apontam para "10 psicólogos desempregados" - oito em São Miguel, um em Santa Maria e outro na Terceira.

O I Congresso dos Psicólogos dos Açores, com oradores nacionais e internacionais, vai debater as diferentes áreas de intervenção da psicologia até sábado.

Citado numa nota de imprensa do executivo, Luís Cabral destacou o trabalho desenvolvido pelos psicólogos na área da saúde, nas Unidades de Saúde de Ilha e nos hospitais e disse que "a reestruturação do Serviço Regional de Saúde em curso conta com um relevante contributo” destes profissionais.

Em junho, a presidente da delegação regional dos Açores da Ordem dos Psicólogos Portugueses, Maria da Luz Melo, defendeu, em declarações à Lusa, a necessidade de "melhorar as condições de emprego" dos psicólogos no arquipélago, alegando que "há pessoas com salários abaixo" do desejável, e defendeu a abertura de mais vagas nos centros de saúde e hospitais, mas também nas escolas, empresas regionais e autarquias.

Maria da Luz Melo considerou que também nos Açores há espaço para uma maior utilização do papel dos psicólogos, que podem trabalhar na área da saúde, na educação, em instituições de solidariedade social ou no seio das autarquias, na área da justiça, em empresas ou outras organizações públicas e privadas.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.