Açores querem reativar encontros de parlamentos dos arquipélagos da Macaronésia

Açores querem reativar encontros de parlamentos dos arquipélagos da Macaronésia

 

Lusa/AO online   Regional   16 de Abr de 2015, 17:39

A Assembleia Legislativa dos Açores decidiu iniciar os contactos necessários com vista à reativação das "jornadas parlamentares atlânticas", que juntam os parlamentos dos arquipélagos da Macaronésia.

 

O objetivo é reativar os encontros entre parlamentos dos Açores, Madeira, Canárias e Cabo Verde que já se realizaram no passado, primeiro juntando os parlamentos dos arquipélagos portugueses e espanhol e, mais tarde, também a Assembleia Nacional de Cabo Verde.

"Aquela que pode ser considerada a primeira edição das então Jornadas Parlamentares Açores -- Madeira -- Canárias teve lugar em outubro de 1991, em Santa Cruz de Tenerife, e a partir de então foram acontecendo com uma periodicidade relativamente regular", até à sexta edição, no Porto Santo, Madeira, em 2006, lembrou hoje o deputado do PCP na Assembleia Legislativa açoriana, Aníbal Pires, que foi o autor da iniciativa para a reativação destes encontros entre parlamentos, tendo recebido o apoio unânime de todos os partidos.

Estes encontros entre parlamentos têm "reconhecida importância para o desenvolvimento do espírito autonómico e para a troca de experiências e de opiniões sobre o rumo a dar ao desenvolvimento das regiões insulares atlânticas e ao progresso dos seus povos, visando um apuramento da experiência autonómica e europeia e a definição e concretização de objetivos e projetos comuns ao conjunto insular macaronésico", considerou Aníbal Pires.

Ao abrigo da resolução hoje aprovada por unanimidade nos Açores, a presidente do parlamento açoriano, Ana Luís, vai agora "estabelecer os contactos necessários com a Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira, com o Parlamento da Comunidade Autonómica de Canárias e com a Assembleia Nacional da República de Cabo Verde, com vista à reativação das Jornadas Parlamentares Atlânticas, ou outro formato de conversações interparlamentares adequado, com vista ao reforço da cooperação e diálogo entre os arquipélagos da Macaronésia".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.