Açores investem cerca de 7 ME em quartéis de bombeiros na região

Açores investem cerca de 7 ME em quartéis de bombeiros na região

 

Lusa/AO Online   Regional   18 de Jul de 2016, 11:11

O Governo dos Açores está a investir cerca de sete milhões de euros na construção e requalificação de quartéis de bombeiros na região, foi hoje anunciado.

Na visita às obras de requalificação do quartel dos Bombeiros Voluntários de Santa Maria, em Vila do Porto, o presidente do Governo Regional, Vasco Cordeiro, explicou que este investimento, na ordem dos 700 mil euros, corresponde “a um compromisso que foi assumido”.

“Esta obra tem, fundamentalmente, três objetivos: permitir uma área coberta para estacionamento de viaturas e de equipamento dos bombeiros, o que acontece na área entre os dois edifícios preexistentes, a parte de requalificação dos edifícios, aproveitando a construção que já existia, para a criação de camaratas e de instalações sanitárias destinadas a ambos os sexos”, adiantou Vasco Cordeiro, referindo que a intervenção contempla, ainda, área para refeitório e outros espaços necessários para o corpo de bombeiros.

O chefe do executivo salientou que a requalificação do quartel está integrada num conjunto de outros investimentos que "estão em várias fases de intervenção”, exemplificando com a requalificação dos quartéis dos bombeiros de Santa Cruz das Flores, obra igualmente de 700 mil euros, e das Lajes do Pico, investimento de meio milhão de euros em fase de concurso público.

Em concurso público está, também, a construção do novo quartel de bombeiros da Povoação, na ilha de São Miguel, enquanto o concurso para o quartel da Horta, no Faial, deverá ser lançado a breve prazo. Estas duas obras totalizam cinco milhões de euros.

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Santa Maria tem atualmente 34 bombeiros, 23 dos quais no aeroporto local.

O Governo dos Açores realiza hoje e na terça-feira a visita estatutária à ilha de Santa Maria, do grupo oriental do arquipélago.

O Estatuto Político-Administrativo dos Açores determina que o executivo regional visite cada uma das ilhas da região pelo menos uma vez por ano e que o Conselho do Governo se reúna na ilha visitada.

De acordo com o programa divulgado, nesta deslocação os membros do executivo açoriano têm previstas inaugurações, visitas a obras, empresas e instituições, reuniões com diversas entidades e os habituais encontros com o Conselho de Ilha e com a população.

 

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.