Desemprego

Açores entre as regiões onde o número de inscritos nos centros de emprego mais subiu


 

Lusa/AO online   Economia   15 de Out de 2010, 18:39

Algarve, Madeira e Açores foram as regiões onde o número de desempregados inscritos nos centros de emprego mais subiu em Setembro, em termos homólogos, segundo dados divulgados esta sexta-feira pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).
O Algarve tinha mais 22,3 por cento de inscritos, totalizando os 21.668 desempregados, enquanto a Madeira tinha mais 20 por cento, somando 15.144 desempregados inscritos.

Nos Açores, o número de pessoas inscritas nos centros de emprego aumentou 19,9 por cento para 5.686 desempregados.

De acordo com o IEFP, comparativamente a Agosto, o desemprego só não aumentou no Alentejo (onde caiu 0,9 por cento).

No Norte, a região do país que concentra o maior número de pessoas sem emprego (44,7 por cento), o desemprego continua também a crescer, com o número de inscritos nos centros a subir 8 por cento para 246.574.

Em Lisboa e Vale do Tejo, onde se localizam 29,6 por cento do número de inscritos, existiam, no final de Setembro, 165.714 desempregados (mais 9,9 por cento do que no mesmo mês de 2009).

No centro do país, o número de desempregados inscritos subiu 5 por cento para 77.553 pessoas em Setembro, face ao mesmo mês de 2009, enquanto no Alentejo subiu 5,5 por cento para 23.481 pessoas.

No que respeita à oferta de emprego, o número de ofertas disponíveis, no final do mês de Setembro, totalizou as 21.503, menos 2,3 por cento do que no mesmo mês do ano passado e inferior em 3,3 por cento, face a Agosto.

O número de colocações efectuadas ao longo do mês através dos centros de emprego de todo o país, por sua vez, totalizou as 7.444, mais 6 por cento do que em Setembro de 2009 e mais 25,2 por cento.

De acordo com os dados do IEFP, mais de metade das colocações (59,7 por cento) foram feitas em apenas quatro grupos profissionais: pessoal dos serviços de protecção e segurança, trabalhadores não qualificados das minas, construção civil e indústria transformadora, outros operários, artífices e trabalhadores similares e trabalhadores não qualificados dos serviços e comércio.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.