Sociedade

Açores com uma média de 60 repatriamentos por ano

Açores com uma média de 60 repatriamentos por ano

 

Lusa/AO online   Regional   29 de Dez de 2011, 11:39

Os Açores têm vindo a receber anualmente cerca de 60 deportados dos Estados Unidos e Canadá, sendo impossível especificar o número de repatriamentos ordenados em função da condição da sua residência ilegal, segundo a Direcção Regional das Comunidades.
Em declarações a propósito da decisão das autoridades canadianas que vai implicar o regresso forçado ao arquipélago de uma família de dez pessoas (seis delas com ordem de deportação), a directora regional das Comunidades referiu que esse número pode estar aquém da dimensão real do problema.

Muitos dos que regressam ao arquipélago com ordem de expulsão em consequência de residência ilegal nos Estados Unidos, Canadá ou Bermudas não são referenciados, sendo mesmo pedido aos consulados a omissão das circunstâncias em que ocorre o seu regresso, adiantou Graça Castanho.

Segundo acrescentou a detectora, a maioria dos casos de deportações notificadas às autoridades regionais reportam-se a pessoas repatriadas em função da condenação por crimes, “cada vez mais pequenos delitos”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.