Açores anunciam "campanha quase sem precedentes" da SATA para a época baixa

Açores anunciam "campanha quase sem precedentes" da SATA para a época baixa

 

Lusa/AO Online   Regional   5 de Nov de 2014, 05:10

O secretário regional do Turismo e Transportes dos Açores anunciou uma campanha "quase sem precedentes" da SATA para a época baixa e vincou a aposta do Governo da região na melhoria da "acessibilidade" ao arquipélago em 2015.

 

"Foi lançada uma campanha quase sem precedentes, pela transportadora aérea regional, com a oferta de cerca de 20 mil lugares, a 88 euros, nas ligações de e para o continente português, com vendas até ao final de novembro e com viagens a concretizarem até ao final de março", disse Vítor Fraga.

O governante açoriano falava aos jornalistas no final de uma audição na comissão de Economia do parlamento dos Açores, na cidade da Horta, a respeito da proposta de plano anual de investimento e orçamento dos Açores para 2015.

No seu entender, esta campanha irá dar um "contributo importante para a mobilidade dos açorianos", mas também um impulso à captação de fluxos turísticos na época baixa, contribuindo para "atenuar um dos fatores com que o destino Açores se confronta, a sazonalidade".

O titular das pastas do Turismo e dos Transportes no Governo açoriano realçou, por outro lado, que as propostas de Plano e Orçamento do executivo para o próximo ano preveem um "reforço claro" nestes setores.

"Estamos a falar de 191 milhões de euros para estas áreas, no sentido de dotarmos a região de melhores condições de acessibilidade", sublinhou Vitor Fraga, lembrando que, em 2015, os Açores terão novas obrigações de serviço público no transporte aéreo entre o continente e os Açores, novas obrigações no transporte aéreo inter-ilhas e novas obrigações no transporte marítimo de passageiros.

"Tudo isto, na perspetiva de aumentarmos a mobilidade dos açorianos e aumentarmos também a acessibilidade à região para promovermos e desenvolvermos outros setores de atividade, como, por exemplo, o turismo", acrescentou.

O secretário regional defendeu também a necessidade de uma nova campanha de promoção turística, mais centrada no "cliente final", quase exclusivamente baseada em "canais digitais", que possa atrair mais turistas ao arquipélago.

"Temos de nos tornar mais eficientes junto da procura, para que haja, no momento da decisão de todos aqueles que pretendem ir de férias, o clique de escolherem os Açores como destino", sublinhou.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.