Açores ainda sem ocorrências relacionadas com tempestade tropical "Gaston"


 

Lusa/AO Online   Regional   2 de Set de 2016, 15:03

O Governo dos Açores informou hoje que, até o início da tarde, a Proteção Civil ainda não registou "qualquer tipo de ocorrência" relacionada com a passagem da tempestade tropical "Gaston".

Prevê-se que o período mais crítico para o Grupo Ocidental (Flores e Corvo) ocorra pelas 18:00 (mais uma hora em Lisboa) e para o Grupo Central (Terceira, Graciosa, Faial, Pico e São Jorge) pelas 00:00 (mais uma hora em Lisboa), "estando agendada uma nova atualização com o Instituto Português do Mar e Atmosfera (IPMA) pelas 21:00".

A mesma nota do gabinete de imprensa do executivo regional refere, ainda, que o presidente do Governo dos Açores, Vasco Cordeiro, reuniu, ao fim da manhã de hoje, com a Proteção Civil para “se inteirar dos últimos desenvolvimentos e preparativos relativos à tempestade tropical Gaston”.

"Apesar deste tipo de eventos não ser desconhecido ou raro nos Açores, é de importância fundamental que todos sigam as recomendações da Proteção Civil, de forma a minimizar a possibilidade de ocorrência de danos. Esses cuidados e o pôr em prática dessas recomendações é responsabilidade das entidades públicas, mas é também responsabilidade de cada um de nós", salientou Vasco Cordeiro, citado na nota.

O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores informou que, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a tempestade tropical ‘Gaston’ diminuiu de intensidade, devendo afetar, nas próximas horas, as ilhas dos grupos Ocidental e Central.

Em declarações à agência Lusa, o delegado do IPMA nos Açores, Diamantino Henriques, disse que a partir de sábado a tempestade tropical deverá diminuir e passar a tempestade pós-tropical de "intensidade inferior".

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.