Ações da PT a subir 3,13% depois da renúncia de Henrique Granadeiro

Ações da PT a subir 3,13% depois da renúncia de Henrique Granadeiro

 

Lusa/AO online   Economia   8 de Ago de 2014, 12:39

As ações da Portugal Telecom (PT) estavam ontem cerca das 12:00 (hora de Lisboa) a subir 3,13% para 1,417 euros, a liderar as subidas e contrariando o principal índice da bolsa portuguesa, o PSI20, que à mesma hora continuava a cair.

 

Cerca das 12:00, o PSI20 - que ainda inclui os títulos do BES mas cuja negociação está suspensa - estava a cair 1,13%, para 5.391,62 pontos, com apenas duas cotadas a negociarem em terreno positivo e as restantes em queda.

As ações da Altri eram as outras que também estavam a subir.

Os títulos da Teixeira Duarte, do Banif, do BCP e do BPI eram os que registavam maiores desvalorizações, estando a cair 8,67%, 5,56%, 5,07% e 3,54%, respetivamente.

Os títulos da Teixeira Duarte, Banif, BCP e BPI estavam a valer 0,632 euros, 0,0068 euros, 0,0824 euros e 1,198 euros, respetivamente.

Na quinta-feira, a PT confirmou a renúncia de Henrique Granadeiro dos cargos na operadora e informou que está convocada uma assembleia geral de acionistas para o dia 08 de setembro.

A PT adiantou que Henrique Granadeiro informou o Conselho de Administração de que, "tendo conduzido todos os trabalhos necessários para garantir a convocação de uma assembleia geral e toda a informação aos acionistas, apresentou a sua renúncia de todas as funções" na empresa.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.