Acidentes nas estradas portugueses provocaram 341 mortos este ano

Acidentes nas estradas portugueses provocaram 341 mortos este ano

 

Lusa/AO online   Nacional   3 de Out de 2014, 16:01

Os acidentes nas estradas portuguesas causaram este ano 341 mortos, menos 30 do que em igual período de 2013, indicam dados da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR).

 

A ANSR, que reúne dados da PSP e da GNR, adianta que, entre 01 de janeiro e 30 de setembro, registaram-se 85.582 acidentes rodoviários, mais 391 do que no mesmo período do ano passado, quando ocorreram 85.191 desastres.

Segundo a Segurança Rodoviária, os 85.582 acidentes provocaram 341 mortos, sendo os distritos do Porto (44), Lisboa (35) e Coimbra que registaram o maior número de vítimas mortais.

Já os distritos onde ocorreram o menor número de mortos foram a Guarda e Portalegre, com sete vítimas mortais em cada um.

A ANSR indica também que 1.508 pessoas ficaram gravemente feridas, entre 01 de janeiro e 30 de setembro, menos 37 do que no mesmo período de 2013.

Os acidentes rodoviários provocaram ainda este ano 25.838 feridos ligeiros, menos 1.263 do que em 2013.

Os dados da ANSR dizem respeito às vítimas mortais cujo óbito ocorreu no local do acidente ou a caminho do hospital.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.