Acesso à Internet em fibra foi a que mais cresceu até setembro, subida de 34,9%

Acesso à Internet em fibra foi a que mais cresceu até setembro, subida de 34,9%

 

Lusa/AO Online   Economia   26 de Nov de 2014, 13:43

O acesso à Internet em fibra ótica em Portugal foi o que mais cresceu até setembro, um aumento de 34,9% face igual período de 2013, contribuindo para o aumento da banda larga fixa, divulgou hoje o regulador Anacom.

Em comunicado, a Anacom - Autoridade Nacional das Comunicações adianta que no final de setembro "existiam em Portugal cerca de 2,75 milhões de acessos fixos à Internet, mais 2,7% do que no trimestre anterior".

Os acessos em fibra ótica, "que aumentaram 8% no trimestre e 34,9% em termos homólogos, foram os que mais contribuíram para o crescimento verificado e já representam 21% dos acessos totais".

No entanto, a principal tecnologia de acesso à Internet em banda larga fixa continua a ser o ADSL, com um peso de 39,4%, seguido do modem cabo, com 36,4%.

"O número de utilizadores que efetivamente utilizaram Internet em banda larga móvel foi de 4,5 milhões, mais 14,9% face ao trimestre anterior e mais 24,4% em termos homólogos, números que traduzem o crescimento trimestral mais elevado de sempre", adianta o regulador presidido por Fátima Barros.

"Do total, 3,5 milhões acedem através de telemóveis", refere a Anacom, recordando que "a evolução da banda larga móvel tem sido impulsionada pelo aumento do número de utilizadores de 'smartphones' que neste trimestre já representam 47,1% do total de utilizadores de telemóvel", um crescimento de 8,7 pontos percentuais face a 2013.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.