Casa Pia

Absolvidos todos os jornalistas acusados de violação do segredo de justiça


 

Lusa / AO online   Nacional   17 de Fev de 2010, 14:36

O Tribunal de Oeiras absolveu esta quarta-feira as duas dezenas de jornalistas das redacções da SIC, TVI, Expresso, Visão, Grande Reportagem e Lux que estavam acusados de ter violado o segredo de justiça no processo Casa Pia.
O tribunal considerou que, em sede de julgamento, não se fez prova dos factos constantes do despacho de pronúncia.

Entre os jornalistas que estiveram em julgamento contam-se os directores da SIC Alcides Vieira e Ricardo Costa, o ex-patrão da TVI José Eduardo Moniz e o antigo director do Expresso José António Saraiva, além de nomes como Pedro Camacho, Felícia Cabrita, Lourenço Medeiros, Ana Leal, Mário Moura ou Manuela Moura Guedes.

Os arguidos estavam acusados por um ou mais crimes de violação do segredo de justiça, ou seja, por terem alegadamente tomado contacto indevido com matéria processual coberta pelo segredo da investigação relativa ao processo de pedofilia da Casa Pia de Lisboa.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.