Abertas mesas de voto em Israel para eleições legislativas

Abertas mesas de voto em Israel para eleições legislativas

 

Lusa/AO Online   Internacional   17 de Mar de 2015, 06:53

A votação para as eleições legislativas antecipadas em Israel arrancou oficialmente, com a abertura das urnas às 07:00 locais (05:00 em Lisboa), constaram jornalistas da AFP.

Durante 15 horas, até às 22:00 locais (20:00 em Lisboa), um total de 5,88 milhões de eleitores israelitas é chamado às urnas para decidir se o atual primeiro-ministro Benjamin Netanyahu continua ou não na chefia do Governo, e escolher 120 deputados nas mais de 10.000 assembleias de voto instaladas em escolas, hospitais, ou mesmo prisões em todo o país.

Numa campanha eleitoral que relegou para segundo plano o conflito israelo-palestiniano, as eleições são, em grande medida, um referendo a favor ou contra Netanyahu, de 65 anos, primeiro-ministro (direita) desde março de 2009, e no poder há quase uma década, tendo em conta o primeiro de três mandatos, de 1996 a 1999.

No sistema israelita, o chefe do partido vencedor não é necessariamente chamado a formar governo, mas quem está mais bem posicionado para formar uma coligação. As diferentes alianças possíveis tornam muito incerto avançar o nome do próximo líder do executivo.

Netanyahu admitiu já que o risco de perder é real, depois de as sondagens darem a liderança à União Sionista.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.