A gastronomia deve fazer parte do ideário de quem visita Portugal

A gastronomia deve fazer parte do ideário de quem visita Portugal

 

Lusa/AO Online   Economia   4 de Dez de 2010, 10:09

 O secretário de Estado do Turismo, Bernardo Trindade, afirmou na sexta-feira à noite em Estremoz que “é fundamental que um produto turístico tão rico em Portugal como a gastronomia, passe a fazer parte do ideário de quem visita o país”.

“O que procuramos lançar com o programa ‘Prove Portugal’, e estamos a fazer um pouco por todo o país, e a nível internacional, é puxar pelo país, puxar pelo país gastronómico”, salientou.

Bernardo Trindade, falava no evento gastronómico “Cozinha dos Ganhões”, e na apresentação no Alentejo do programa “Prove Portugal”, e da iniciativa “Alentejo Bom Gosto”, a primeira da responsabilidade do Turismo de Portugal e a segunda do Turismo do Alentejo.

O governante referiu ainda que “hoje não é possível pensar o turismo sem o associar a produtos que são essenciais na estratégia de comunicação e de internacionalização do país”.

Bernardo Trindade anunciou que estabeleceu com o ministro da Agricultura, António Serrano, uma estratégia de apresentação internacional do turismo e de produtos como o vinho e o azeite.

“Não é possível hoje comunicar o turismo sem comunicar nomeadamente realidades como o vinho ou o azeite, e se tivermos a capacidade de comunicar estas realidades de forma articulada, seguramente Portugal sai fortalecido”, salientou.

O secretário de Estado do Turismo realçou ainda que “o Alentejo é uma região onde o turismo tem crescido de forma assinalável”, acrescentando que “o povo português já percebeu a dinâmica que hoje é visível neste território”.

O programa “Prove Portugal”, desenvolvido pelo Turismo de Portugal em parceria com a Academia Portuguesa de Gastronomia, pretende elevar a visibilidade da gastronomia de excelência.

O presidente da Turismo do Alentejo, Ceia da Silva, apresentou as linhas gerais do projeto “Alentejo Bom Gosto”, que se insere no espírito do “Prove Portugal”, com destaque para a gastronomia e vinhos, a desenvolver em 2011 e 2012.

Ceia da Silva fez ainda o lançamento do evento “Alentejo das Gastronomias Mediterrânicas-2011”.

Decorreu ainda a apresentação do livro “Entre Coentros e Poejos”, do chefe António Nobre, e uma demonstração de show cooking a cargo dos chefes estremocenses Margarida Cabaço (Restaurante São Rosas), Alice Pola (Restaurante A Cadeia Quinhentista) e Mariano Correia (Turismo Rural Monte dos Marmeleiros).

A “Cozinha dos Ganhões”, considerado o maior evento gastronómico do Alentejo, decorre até domingo no parque de feiras e exposições de Estremoz, organizado pelo município local.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.