Unileite sobe preço do leite a pagar aos seus produtores

Unileite sobe preço do leite a pagar aos seus produtores

 

Lusa/AO   Regional   13 de Ago de 2007, 21:55

A união de cooperativas Unileite anunciou hoje um aumento do preço base do leite pago aos produtores da ilha de São Miguel de 50 cêntimos por cada cem litros entregues na sua fábrica.

A cooperativa, que recolhe matéria-prima de vários lavradores de São Miguel, justificou os aumentos, que têm efeitos a 01 de Julho, com a necessidade de proceder a uma reajustamento da fileira dos lacticínios em função da evolução do sector a nível mundial.

Segundo a Unileite, o sector assiste a uma “encarecimento da produção de leite e à escassez de produtos lácteos nos mercados”, que resultam do crescimento de economias emergentes, baixa cotação do dólar e existência de focos de doença animal, entre outros factores.

Perante isso, a Unileite decidiu proceder aos aumentos do leite pago aos seus produtores, novos preços que permitem ultrapassar os antigos máximos históricos praticados nas campanhas de Verão e de Inverno.

Para o presidente da Associação Agrícola de São Miguel, a posição manifestada pela Unileite, que desempenha um papel preponderante no sector da ilha de São Miguel, “é positiva”, uma vez que o aumento incide sobre o preço base, o que engloba todos os produtores.

Jorge Rita manifestou-se convicto que, nos próximos tempos, as outras indústrias de lacticínios poderão equiparar os preços praticados pela Unileite, a que “melhor paga aos pequenos” produtores da ilha.

O dirigente associativo adiantou à agência Lusa que os aumentos recentemente verificados estão a aproximar-se das expectativas dos produtores, mas alertou que a situação dos mercados são “extremamente favoráveis” para novas subidas.

Um aumento de cinco cêntimos por cada litro é uma “fasquia razoável”, salientou Jorge Rita, para quem as indústrias “não estão a fazer nenhum favor” com as subidas dos preços que têm praticado recentemente.

Além do preço base, a Unileite tem ainda um prémio de qualidade, a atribuir aos produtores que entreguem matéria-prima dentro dos padrões estabelecidos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.