Socorro

70% das chamadas para o 112 são falsas


 

Lusa / AO online   Nacional   11 de Fev de 2010, 11:07

A secretária de Estado da Administração Interna, Dalila Araújo, apelou esta quinta-feira à utilização correcta do número de emergência 112, mostrando-se preocupada com a elevada percentagem de chamadas falsas recebidas naquele serviço, que ultrapassa os 70 por cento.
No dia em que se assinala o Dia Europeu do Número de Emergência 112, Dalila Araújo alertou as mais de 50 crianças que hoje participaram numa sessão de divulgação deste serviço de socorro para a importância de não ligar para o 112 para brincar.

“O nosso apelo é que o 112 seja utilizado só por quem realmente precisa, evitando a utilização indevida do serviço, que pode ter custos muito grandes para quem pode estar efectivamente a precisar de ajuda”, afirmou a secretária de Estado.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.