Europeu de basquetebol

Selecção portuguesa homenageia António Puerta


 

Lusa/AO   Basquetebol   5 de Set de 2007, 15:31

A selecção portuguesa de basquetebol prestou hoje homenagem ao futebolista espanhol António Puerta, do Sevilha, que morreu subitamente a semana transacta, no Estádio Ramon Sanchez Pijzuan, casa dos bicampeões da Taça UEFA.
    A delegação lusa, incluindo dirigentes, técnicos, médicos e todos os jogadores, foi recebida pelo presidente do Sevilha, Del Nido, a quem entregou uma camisola da selecção, com o número 16 e o nome Puerta, e um galhardete assinado por toda a comitiva.

    "Muito obrigado. Esta visita da selecção portuguesa é muito especial, neste momento difícil que estamos a atravessar. É um detalhe de cavalheirismo, que muito aprecio", afirmou o presidente do Sevilha, que recebeu ainda uma medalha da federação portuguesa.

    Por seu lado, o presidente da Federação Portuguesa de Basquetebol (FPB), Mário Saldanha, lembrou que a selecção lusa também já passou pelo mesmo, quando o seu "capitão" Paulo Pinto, então no Aveiro Basket, faleceu em campo, num jogo com o Benfica.

    "Também existe no basquetebol português este sentimento que o Sevilha está agora a passar. Morreu um excelente atleta do clube e, por isso, viemos aqui expressar o nosso apoio, neste momento triste", prosseguiu o líder da FPB.

    Em resposta às ofertas lusas, o presidente do Sevilha entregou à delegação nacional um galhardete do clube da Andaluzia.

    No final da cerimónia, a selecção nacional pousou juntou ao presidente do Sevilha, que ostentava a camisola 16 da selecção nacional com o nome Puerta, à frente do memorial criado em memória do jogador - uma série de fotos e a frase "Antonio Puerta. Um dos nossos descansa em paz" -, no salão de honra do clube.

    No exterior do Estádio, Antonio Puerta continua presente, já que são centenas as velas, os cachecóis, as fotografias e as frases deixadas pelos adeptos do Sevilha, do rival Bétis e de muitos outros clubes, como o Sporting, um pouco por todo o lado.

    "Puerta não partiste, chamaram-te para jogar na equipa do Céu. Queremos-te", é uma das muitas mensagens em homenagem ao futebolista internacional espanhol, que continua a ser "visitado" todos os dias, em constantes romarias ao Sanchez Pizjuan.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.