Adesão à UE

David Miliband defende adesão da Turquia

David Miliband defende adesão da Turquia

 

Lusa / AO   Internacional   5 de Set de 2007, 11:19

O ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, David Miliband, escreve num artigo hoje publicado que a União Europeia tem de definir a adesão da Turquia como “objectivo claro”
Para “aproximar a Europa da Ásia, mostrar que os traços comuns da humanidade esbatem as diferenças religiosas, não há melhor país do que a Turquia”, afirma Miliband num artigo publicado no Daily Telegraph.

Por isso, sustenta, a União Europeia (UE) “precisa, como objectivo claro, da integração da Turquia como membro de pleno direito”.

O ministro britânico encontra-se actualmente em viagem por cinco países europeus (Roménia, Turquia, Itália, Espanha e Portugal).

Na Turquia, David Miliband vai encontrar-se com o seu homólogo, Ali Babacan, responsável pelas negociações com a União Europeia, com o primeiro-ministro Recep Erdogan e com o recém-eleito presidente Abdullah Gul.

“A Turquia e o resto da Europa estão ligados pelas mesmas convicções democráticas e pelos mesmos interesses”, acrescentou Miliband no artigo no Daily Telegraph.

A adesão da Turquia à UE “iria ajudar a aprofundar esses interesses e valores partilhados e a apagar as diferenças”.

Mas o governo turco, referiu, terá, “pelo seu comportamento (….) ajudar a desarmar os seus críticos”, considerando crucial que as autoridades turcas resolvam os problemas relacionados com a liberdade de expressão e evoluir na questão de Chipre.

A Turquia encetou em Outubro de 2005 negociações para a adesão à UE, o que tem provocado divisões entre os 27 países membros sobre a adesão do país muçulmano.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.