"47 açorianos morrem de sida em trinta anos" é a manchete do Açoriano Oriental

"47 açorianos morrem de sida em trinta anos" é a manchete do Açoriano Oriental

 

Açoriano Oriental   Regional   1 de Ago de 2012, 00:00

A primeira página do Açoriano Oriental destaca a apreensão no setor da pesca em relação ao fecho das capturas de algumas espécies de peixe, como o alfonsim, imperador e rabilo, por esgotamento de quota.

A capa noticia a existência de um paciente oncológico obrigado a pagar tratamento no continente, assim como refere que a Feira Quinhentista, a ter lugar entre 3 e 5 deste mês, já constitui um cartaz turístico na Ribeira Grande. "17 funcionários não chegam a acordo com Banif" é outro dos títulos da primeira página do Açoriano Oriental.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.