40 mortos confirmados e 120 feridos na Madeira

Carregando o video...

 

Lusa/AO online   Nacional   20 de Fev de 2010, 13:18

(COM VÍDEO ON LINE) O secretário dos Assuntos Sociais da Madeira, Francisco Ramos, confirmou o registo este domingo, até cerca das 12h00, na Madeira, de 40 mortos, 120 feridos e 240 desalojados na sequência do temporal que assolou sábado o arquipélago.

 

NOTÍCIA EM ACTUALIZAÇÂO

"Existem 40 vítimas mortais já identificadas, esperemos que este número não aumente, mas provavelmente aumentará dadas as circunstâncias em que aconteceu este dilúvio", disse o governante madeirense em conferência de imprensa.

Francisco Ramos acrescentou que os números de desaparecidos "neste momento não são fiáveis porque há pessoas que são dadas como desaparecidas mas que estão incontactáveis”, dadas as “grandes dificuldades de comunicação, nomeadamente com a rede da TMN".

O governante identificou como zonas mais problemáticas os sítios da Furna, Pomar da Serra, Espigão, São João, Curral das Freiras, Madalena e Paul do Mar, Jardim da Serra, que por estarem isolados ainda não foi possível lá chegar.

O serviço regional de Protecção Civil e Bombeiros e equipas de empresas de construção civil estão no terreno a remover os entulhos, para permitir que chegue aos locais o apoio necessário.

Francisco ramos realçou o trabalho de toda a equipa do serviço de Saúde da região no combate a esta catástrofe.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.