Referendo Escócia

4,3 milhões de eleitores decidem hoje se querem independência

4,3 milhões de eleitores decidem hoje se querem independência

 

Lusa/AO Online   Internacional   18 de Set de 2014, 06:50

Cerca de 4,3 milhões de eleitores decidem hoje em referendo se querem permanecer no Reino Unido ou a independência da Escócia, colocando fim a uma união política com mais de três séculos

As autoridades estimam que registaram-se 97 por cento das pessoas com direito a votar - residentes maiores de 16 anos, cidadãos da União Europeia e dos países da Commonwealth -, o que reflete o interesse nesta consulta popular. 

Depois de na semana passada o "sim" ter beneficiado de uma oscilação a seu favor e assumido o topo nas intenções de voto, as sondagens mais recentes apontavam para uma vantagem do "não" com uma diferença estreita, entre dois e quatro pontos percentuais. 

Os três principais partidos - Trabalhista, Conservador e Liberais Democratas - colocaram de lado as diferenças políticas para se unirem na campanha pela permanência no Reino Unido, tendo prometido transferir mais poderes caso a independência seja rejeitada.

Do outro lado, o Partido Nacionalista Escocês, apoiado pelo partido dos Verdes, o único partido da oposição, por diversas organizações cívicas e sindicais, fizeram campanha a favor da criação de um novo "país mais justo e mais próspero" e livre de armas nucleares.

As mesas de voto abrem às 07:00 horas locais (a mesma hora em Lisboa) e encerram às 22:00, iniciando-se de imediato a contagem nos 32 centros regionais. 

Os resultados começaram a ser anunciados de forma separada e progressiva ao longo da madrugada, mas o total nacional só deverá ser anunciado perto das 07:00 horas de sexta-feira.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.