25 mineiros mortos num incêndio numa mina na China


 

Lusa / AO online   Internacional   6 de Jan de 2010, 10:47

Vinte e cinco mineiros morreram num incêndio numa mina de carvão, no centro da China, informaram as autoridades chinesas.
De acordo com os últimos dados avançados, pelo menos cinco mineiros continuam desaparecidos no interior da mina.

Um comunicado do governo da província de Hunan ordenou, entretanto, a suspensão de toda a actividade nas minas do distrito de Xiangtian.

O incêndio, provocado por um curto-circuito, eclodiu na terça-feira à tarde na mina de Lisheng, em Xiangtan, quando 73 mineiros se encontravam a trabalhar a cerca de 240 metros de profundidade.

Pelo menos 43 mineiros conseguiram regressar à superfície da mina, mas outros tentarem descer para fugir às chamas. Os cadáveres encontrados hoje estavam entre 450 e 640 metros de profundidade.

Os acidentes são frequentes nas minas chinesas, sobretudo nas minas de carvão, onde 3 215 trabalhadores morreram em 2008, de acordo com estatísticas oficiais.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.