Justiça

24 arguidos serão julgados no caso Independente


 

Lusa / AO online   Nacional   30 de Abr de 2010, 17:39

O Tribunal Central de Instrução Criminal decidiu esta sexta-feira levar a julgamento 24 dos 26 arguidos do caso Universidade Independente (UNI), entre os quais Lima de Carvalho, Luís Arouca e Rui Verde.
Amadeu Lima de Carvalho, alegado accionista maioritário da SIDES (empresa detentora da extinta UNI), estava acusado de mais de 40 crimes, incluindo branqueamento de capitais, burla qualificada, corrupção e fraude fiscal.

À semelhança de outros arguidos, Lima de Carvalho chegou a estar preso preventivamente no decurso da investigação.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.