24 anos de cadeia para arguidos do caso Intermezzo

24 anos de cadeia para arguidos do caso Intermezzo

 

Lusa / AO Online   Nacional   14 de Dez de 2007, 18:36

O Tribunal de Lagos condenou hoje a 24 anos de prisão os dois cidadãos franceses que estavam acusados do homicídio do velejador André Le Floch, encontrado morto no trimarã "Intermezzo", em Agosto de 2006, após o barco ter naufragado ao largo de Sagres.
    Segundo o acórdão (sentença proferida por um tribunal colectivo), o tribunal deu como provados todos os crimes que constavam da acusação.

    Os dois irmãos franceses Corine Gaspar e Thierry Beille estavam acusados dos crimes de homicídio qualificado, roubo e tentativa de ocultação do cadáver.

    Durante as alegações finais, o Ministério Público (MP) junto do Tribunal de Lagos (Algarve) alegou que ficaram provados todos os crimes de que estavam acusados e pediu uma "pena pesada e exemplar" para os dois franceses.

    O MP considerou que os franceses agiram em comunhão de esforços, num crime premeditado e praticado pelos dois, mostrando desprezo pela vida humana, tendo captado a confiança do navegador para se apoderarem do barco "Intermezzo".

    No entanto, para o defensor de Corine e Thierry, "pouca prova foi produzida em tribunal", pedindo a absolvição dos arguidos nos crimes de "roubo e tentativa de ocultação de cadáver".

    Quanto ao crime de homicídio qualificado, o advogado Manuel dos Santos defendeu, também, que "não ficou provada a intenção de matar" e sugeriu que "deverá o tribunal entender como um crime de ofensa à integridade física, pois apenas se provou que houve uma agressão de Corine a André Le Floch".

    O causídico sustentou a sua tese de que Corine, quando foi resgatada após o naufrágio do barco, revelou a presença de uma terceira pessoa a bordo do trimarã, que alegadamente estaria amarrada, manifestando-se preocupada com a sua situação.

    De acordo com o relatório da autópsia, André Le Floch "foi amarrado com cordas depois de morto, morte que terá acontecido por asfixia manual".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.