14,8 por cento dos açorianos já experimentaram drogas

14,8 por cento dos açorianos  já experimentaram drogas

 

Luís Pedro Silva   Regional   26 de Jun de 2010, 15:14

Um estudo indica que 14,8 por cento dos açorianos já consumiram drogas, pelo menos uma vez, existindo um aumento de 4 por cento da população que experimentou o consumo de drogas, entre 2004 e 2009.
O resultado é apresentado no livro “Dependências e outras violências...”, produzido pelo sociólogo Alberto Peixoto, com o apoio da Direcção Regional da Prevenção e Combate às Dependências.

O objectivo do trabalho foi identificar a evolução do consumo de drogas, álcool e tabaco nos Açores, entre 2004 e 2009, permitindo ajustar algumas das medidas sociais, de modo a se conseguirem melhores resultados.

O estudo realizado em 2009 recolheu a informação através de inquérito a 3654 pessoas, residentes nas nove ilhas dos Açores, apontando para o facto de 36 mil açorianos já terem consumidos drogas, sendo as ilhas do Pico (23%) e Santa Maria (22,9%), as que apresentam uma maior percentagem de população consumidora de drogas.

A ilhas de São Miguel e Terceira surgem em quarto lugar, com uma percentagem de 13,2 por cento.

Por concelhos, na ilha de São Miguel a liderança da percentagem de população que já consumiu drogas pertence a Vila Franca do Campo, com 22,3 por cento, seguido da Ribeira Grande (19,6%), Povoação (17,4%), Nordeste (16,5%), Lagoa (14,1%), Ponta Delgada (13,3%).

O estudo aponta para que o consumo de drogas seja efectuado cada vez mais cedo, aumentando os consumidores com menos de 14 anos, onde se encontram 3,5 por cento dos consumidores dos Açores.

Leia esta notícia na íntegra no jornal Açoriano Oriental de Sábado,
Dia 26 de Junho de 2010


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.