Saúde

12.799 pessoas morreram em todo o mundo devido à gripe A

12.799 pessoas morreram em todo o mundo devido à gripe A

 

Lusa / AO online   Internacional   8 de Jan de 2010, 16:45

A gripe A (H1N1) provocou pelo menos 12 799 mortes em todo o mundo desde que surgiu no México em Março/Abril de 2009, indica um balanço da Organização Mundial de Saúde (OMS) publicado esta sexta-feira.
Numa semana, a gripe provocou 579 mortes e a OMS assinala que "actualmente está mais activa" na Europa central, de leste e sudeste, no norte de África e no sul da Ásia.

Na Europa, a 03 de Janeiro estavam registadas e confirmadas em laboratório 2554 mortes, contra 2422 uma semana antes.

Na Polónia, Sérvia, Ucrânia e Geórgia verificou-se uma "intensa circulação do vírus", marcada por um número importante de doenças respiratórias.

O norte e a região ocidental da Europa têm sido menos afectados, refere a OMS.

No continente americano, a região mais afectada e que atingiu um pico em Outubro, a gripe continua a diminuir e estavam registados até 03 de Janeiro 6.880 casos mortais, com um aumento de 210 mortes numa semana.

No norte de África, em particular no Egipto, o número de infecções está a aumentar.

No sul da Ásia, norte da Índia, Nepal e Sri Lanka, constata-se "uma tendência para o aumento de doenças respiratórias" enquanto que no Vietname, Laos e Camboja as infecções diminuíram em Dezembro, indica a OMS que regista ainda que na Tailândia se verificam "subidas localizadas".

O sudeste asiático registava no início de Janeiro 1165 mortes quando anteriormente tinham sido registadas 1065. Na China, Japão e Hong Kong, bem como na Ásia central, o número de infecções está em declínio.

A região do Pacífico registou até agora 1361 mortes, tendo havido um aumento de 112 casos mortais numa semana.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.