PSD/Açores propõe observatório para ajustar preços produtos agrícolas

PSD/Açores propõe observatório para ajustar preços produtos agrícolas

 

Lusa / AO   Regional   12 de Jan de 2007, 22:50

O PSD/Açores propôs hoje a criação de um Observatório dos Preços dos Produtores Agro-Alimentares para permitir a estruturação das políticas agrícolas "mais ajustadas à realidade" das ilhas.

Antes de se reunir com a administração da UNILEITE, no âmbito das jornadas parlamentares do partido, o líder do PSD/Açores adiantou que o observatório visa "conhecer melhor todos os componentes que levam a estipular o preço dos diferentes produtos agro-alimentares".

Para Carlos Costa Neves com este "valioso instrumento", a criar na dependência do departamento governamental com competência em matéria agrícola, haverá um maior conhecimento sobre a formação dos preços, "desde a origem até ao destino, ao produtor e ao consumidor".

Segundo disse, ganham os consumidores, os produtores e os transformadores, dado que o observatório vai proporcionar "mais informação, transparência e preços justos".

Costa Neves adiantou que a proposta deverá dar entrada no Assembleia Regional "dentro de dias" para que possa ser discutida na próxima sessão plenária.

Demarcando-se do Centro do Leite e Lacticínios que o Governo Regional pretende criar, o líder dos social- democratas salientou que a proposta do PSD pretende alargar o âmbito de observação a todos os produtos agro-alimentares produzidos nos Açores e não circunscrever-se a um sector.

Além do leite, o Observatório pretende analisar todos os elementos que contribuem para o preço final de produtos como carne, legumes e frutas produzidas nos Açores, explicou.

"Não pretendemos que (o observatório) seja mais um serviço governamental", frisou Costa Neves, alegando que este instrumento deverá ser "um campo de participação (de todos os parceiros envolvidos) e não de orientação governamental".

Costa Neves acrescentou, ainda, que o observatório poderá promover a melhoria da competitividade da agricultura, designadamente através do estabelecimento de acordos de concertação na fileira e através do marketing relacionado com a qualidade de produção e fabrico.

No último de três dias das jornadas parlamentares social-democratas, sobre a desertificação e o desenvolvimento rural, Costa Neves apresentou a proposta do partido à administração de uma cooperativa de lacticínios da ilha de São Miguel.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.