104 revoltosos abatidos na tentativa de golpe de Estado


 

Lusa/AO online   Internacional   16 de Jul de 2016, 09:53

As forças leais ao Presidente turco, Recep Erdogan, abateram 104 militares revoltosos na tentativa de golpe de Estado de sexta-feira à noite na Turquia, assegurando que outros 1.563 foram detidos, indicou o exército fiel ao regime.

Numa declaração à televisão oficial turca, o general Umit Dundar, chefe do Estado-Maior interino das tropas leais a Erdogan, confirmou também a morte de outras 90 pessoas - dois soldados, 41 polícias e 47 civis -, elevando para 194 o total de vítimas mortais da sublevação, entretanto abortada.

"Caíram como mártires", sublinhou Dundar, referindo-se às 90 vítimas mortais.

Entretanto, no Twitter, o Presidente turco apelou à população para se manter nas ruas, para precaver uma eventual onda de violência.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.